sexta-feira, 12 de julho de 2013


2 comentários:

  1. Me ouves?

    É de morrer de angústia,
    é de ficar à ústia, por dentro;
    da casa-razão desertar, megulhar
    no deserto de boas intenções.

    É de tomar sermões como verdades;
    como vaidade, tomar cerveja, tomar
    da cereja o bolo, tomar milhões
    de tolos como mestres da sabedoria.

    É de levar no dorso, de sentir
    remorso; de ficar no encalço
    e perder a trilha; de aportar
    o casco e dormir na ilha.

    Piano, piano, si va lontano:
    é demasiado-lento, nada suave,
    réquiem para a infância...
    Edipiano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo!!! Dia desses visitei teu blog, procurei você no facebook mas não achei!
      Bjs

      Excluir