quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Que o calor me aqueça a alma, mesmo que o sol tenha ido embora. Que uma luz me ilumine o caminho, mesmo que a noite não seja de luar Que você permaneça vivo, mesmo que esteja morrendo em meu coração. Que o amor seja forte, pra manter acesa essa chama que chamamos de paixão. Agora no peito, existe medo; Medo de não mais amar e querer Aquilo que sempre se quis bem. . . . . Marci Jones

Nenhum comentário:

Postar um comentário