sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Soul de Sampa




Sou de São Paulo
cidade do caos
E minha dura vida,
se você quer saber
não anda nada mal!

São Paulo é a santa
do luxo e do lixo
Dos ricos rapazes
da ralé e dos edifícios

São Paulo é moderna
dos paus e das pedras
no meio das pernas
das pobres donzelas

São Paulo é amor
é dor, é paixão
cidade grande faz bem
ao meu frágil coração

E se você odeia Sampa
presta atenção que eu vou falar
o risco maior que você corre
é de se apaixonar

Nenhum comentário:

Postar um comentário