sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Por ti

Do que é feito esse encanto
Que salta dess'aura, desse manto
e vem direto pro meu coração?
Não é pau podre, nem capim santo
é brando,
tanto quanto um canto - pranto
de um bondoso senhor chamado João

E por ti, eu comeria a carne
Eu lavaria o prato
e limparia o chão
Por ti, esperaria muito
e rezaria alto
alcançando o céu


Ah! E Sem querer nada em troca
me troco só por um sorriso teu.
Por favor acalma
esse coração amargo
Esse sorriso largo
de quem um dia ja sofreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário