terça-feira, 26 de abril de 2011

Meu caro,




"Que nossa loucura prevaleça
E permaneça em nossa estranha
amizade tropical
Sem medo, sem culpa ou piedade
Que transcenda sem medo
As barreiras do transcendental;
sexo é pra matar nossa vontade
De prazer por vaidade
Alimenta o ego emocional."

Nenhum comentário:

Postar um comentário