terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

1247km

Ah! Como eu queria
me perder bem aí
Em Santa Maria

Te achar no meio da rua
Te fazer poesia
e pra lua

te contar um segredo
entre os goles de café
Me jogar sem medo
Ir bem contra a maré

Sentir tua onda
chegando em meu mar
Como se fossem flores
Pra rainha das águas, Iemanjá

Nenhum comentário:

Postar um comentário