quarta-feira, 3 de junho de 2009

Resposta à poetisa de Marte

Disse a Marcianita,
Que o amor não se escolhe.
Que o coração vem antes,
e mesmo assim, que coisas colhe!

Disse a Marcianita
que o amor é uma droga.Que a mente se avilta,
E a gente quer mais, roga.

Disse a Marcianita,
que amor dá depressão.
Que a gente se atrita,
com a própria emoção.
Disse a Marcianita,
que ele dá cabo à Vontade.
Assim, a gente grita,
E da vida se evade.

Ora poetisa!
Muito amor eu já tive!
Então, corte essa brisa!

(Gus Racy)

Nenhum comentário:

Postar um comentário